e agora também...

SELEÇÃO DE MÚSICAS MUITO LOUCAS [MML].

quinta-feira, 24 de maio de 2007

"Escravos de Jó", cantiga de roda

Escravos de Jó
Jogavam caxangá
Tira põe deixa ficar
Guerreiros com guerreiros fazem
Zig zig zá

Historiadores não sabem o significado desta cantiga de roda. Jó não tinha escravos, não se conhece o jogo caxangá nem o que significa "guerreiros com guerreiros fazem zig zig zá".

3 comentários:

Anônimo disse...

Na verdade, além de cantiga de roda é um jogo, onde cada jogado faz um movimento com uma pedra ou bastão, conforme os versos. Houve, provavelmente uma transmutação de palavras, onde "jogavam" era antigamente "juntavam" e caxangá um tipo de carangueijo. Então a origem seria o trabalho dos escravos que juntavam os caranguejos.

João Vinícius disse...

a superinteressante publicou uma matéria sobre isso

http://super.abril.com.br/superarquivo/1999/conteudo_117558.shtml

jó não tinha escravos e caxangá não é um jogo, é um crustáceo...

zig zig zá é o movimento que os escravos faziam quando fugiam

HELIO disse...

Não tenho dúvidas que se trata de uma cantica com mais de 100 anos.
A letra que aprendi, já ha mais de
60 anos inclue a palavra "zambelê"
que também encontra explicações controversiais.
Entretanto, existe uma outra letra
que no lugar de "zambelê" diz "cão
guerreiro", porisso, eu acho que
zambelê pode ter sido uma palavra de origem africana que dizia respeito a "guerreiros".
Quem poderia explicar a expressão
"cães guerreiros?"
Não consigo aceitar a associação das palavras nas letras estudadas recentemente como sendo de origem
tupi-guarani.
Acredito ser mera coincidência ou a
escrita é que ficou semelhante aos termos tupis.
O fato de ser tao antiga pode indicar que era cantada inicialmente pelos escravos negros.